Alianças – e a rua do Ouro existe mesmo?

(by Yoko)

Continuando a retrospectiva com os posts sobre o casamento, decidida a data ainda tínhamos muita coisa pra ver, mas fomos adiantando o que podíamos. As alianças era uma das coisas que a gente já podia pesquisar e escolher.

Nós vimos pela internet os sites da Vivara e outras, vimos as lojas da Casa das Alianças, as oficiais… e ficamos sabendo da tal Rua do Ouro. Pra quem está casando com um orçamento apertado, será que vale a pena?

A primeira vez que fomos lá no centro velho nessa tal rua nós fomos só pesquisar preços. Logo no início da rua tem um monte de carinhas que vem te abordar, cada um representando alguma loja, se for de casal, então, vix! Caem em cima mesmo. E tem prédios e cada prédio tem seus andares com lojas, e várias lojas vendendo alianças… Honestamente? É cansativo. Pelo menos pra mim, que não tenho muita paciência pra compras. Sou daquelas que fica pesquisando, pesquisando, e acaba não levando nada! hahaha

Todas as lojas são praticamente iguais: eles te mostram as opções de modelos, medem seu dedo pra calcular pelo peso (como eu tenho dedos pequenininhos igual de criança, as alianças iam sair mais baratas!). E dependendo do material, sai mais caro ou não. Ou seja, dá pra comprar alianças por 200 reais, se forem fininhas.

Claro, comparando com as lojas de shopping, sai bem mais em conta. Mas… também tem o perigo da procedência desse material, né? Se for barato demais, da onde vem isso, será que foi ouro roubado? A gente fica com um pé atrás. Mas as boas lojas dão garantia e tudo mais, falam até que a gente pode conferir o valor do ouro nos meios oficiais, enfim. A gravação geralmente eles oferecem de graça, e costumam saber o modelo que anda mais na moda entre as noivas…

Fora isso, fazem super rapidinho. A gente podia esperar e tava com tempo, mas se você precisar pra semana seguinte, tá na mão! Nós conversamos sobre um modelo que agradasse aos dois, eu sempre quis uma meio prateada, não queria um simples douradão. Esse prata que aprendi se chamar “ródio” então! Daí em abril do ano passado fechamos por lá mesmo, as nossas parceladas ficaram em torno de 1.200 reais – ei, melhor do que 5 mil.

20170603_alianças

DSC_0111

 

Anúncios