Casamento – pesquisas

(by Yoko)

João oficialmente me pediu a mão em fevereiro, e no início estávamos cogitando não fazer nada. Ia ser apenas no civil e, talvez, um almoço só com as duas famílias (pais e irmãos). Eis que, conversa vai, conversa vem, falaram que estava muito longe e… antecipamos para Junho! E isso foi decidido lá pelo meio de Março, ou seja, eu só tinha 2 meses e pouquinho para aprontar tudo!!!

Mas antes de continuar contando as várias etapas aqui pra vocês… o que fiz entre esse meio de fevereiro até meio de março? Pesquisas! Eu, que nunca tinha pensado em casar, não sabia de nada de casamentos… comecei a ver pela internet várias coisas, entre elas, comecei a ler inúmeros relatos reais. Claro, é a única vez na vida (espero) que vou casar, então quando vou fazer isso? Tem que ser agora. E tinha cada relato encantador… gostei dessa parte.

Nas minhas navegâncias pelos mares da internet, encontrei diversos blogs e páginas especializadas. E muita inspiração! Aqui, deixo os melhores exemplos para o meu caso.

Teve este casamento, por exemplo, que foi feito numa praça! Não é legal? E ficou lindinho, todo decorado, gosto desses nuances de azul e verde, o look da noiva era mais ou menos o que eu queria usar…

Casamento Ana Helena e Willian

A primeira coisa que pensei sobre o que eu gostaria de fazer no meu casamento era que queria algo simples, aconchegante, que tivesse mais a nossa cara e que fosse… barato. Porque a gente não tá podendo tudo isso, né… E percebi que havia muitos outros casos como o meu! O website do Casando sem grana tem vários exemplos legais para essas noivinhas como eu, gostei.

E olha deste casal… Eles fizeram muita coisa de origami, ficou super colorido e fofo. E eu também gostaria de um naked cake na minha pequena recepção.

nakedcake2

Percebi que hoje em dia existe esse tipo de casamento que é o ideal para esse meu conceito, os “mini weddings”. Que não tem tantos convidados, dá pra dar mais atenção e se divertir com alguns detalhes. Mas no nosso caso, também seria civil e um almoço, nem chegaria a ser uma festinha chique como muitos mini weddings que vi pela rede. E eu achei este relato que era exatamente o que eu tinha pensado, é um casal super cool e prático, adorei.

cinthiarafael-cool

Bem, depois de mais algumas conversações (e muita influência dos meus pais) a ideia foi se transformando… curiosos pra saber como vai ficar? rs

Eu só sei que gostaria de uma tarde descontraída e que tem que ter elementos que representam os noivos. Este último exemplo é com inspiração em Paris – o que acharam?

renataemarcio-simbolosnoivinhos
(é muito lindinho este detalhe… porque os dois são fotógrafos!)

Advertisements

29 de março de 2017 – Civil

Este é o primeiro post deste novo blog.

Talvez poderíamos dizer que é o primeiro ano do resto de nossas vidas? Ou é um exagero, um daqueles exageros que só os casais podem se dar a liberdade de terem sem pudores?

Hoje nós fomos no registro civil ali do bairro da Liberdade, onde mora o “João”, com os devidos documentos, as devidas testemunhas (nossas mamães) e marcamos a data do casório no civil. Depois conhecemos um bom restaurante por quilo no almoço e o sol marcou um dia bonito.

Acredito que estou numa época de nova fase de vida e gostaria de compartilhar por aqui um pouquinho de bons sentimentos e pequenas felicidades desta nossa nova jornada.

Um abraço caloroso e seja muito bem vindo!